INSPIRAÇÃO – Em 1984, a grande revolução tecnológica: Macintosh

Dar “feliz aniversário” com atraso não é legal, mas faz parte!

Por isso, resolvemos dar um feliz aniversário com dois diazinhos de atraso, mas com toda força que o aniversariante merece: o Macintosh!!
Depois de ler o artigo na Biz Revolution, precisávamos repassar o conteúdo aqui no blog. Além de esclarecer que este foi o primeiro computador pessoal com mouse e interface gráfica, foi no dia 24 de janeiro de 1984 que aconteceu: uma revolução.

Com certeza muitos de nós admiram o Steve Jobs. É inegável que ele é um grande idealizador, que cria além do comum. Por isso, o artigo ainda apresenta três “regras” básicas a seguir, caso você acredite ter o potencial de Jobs. São elas:

  • Pense diferente: na época de lançamento do primeiro Macintosh, as empresas de tecnologia estavam preocupadas em vender o máximo de computadores pessoais, para o maior número de empresas possível, com o menor custo (não muito diferente de diversas empresas, em diversos setores de produção e serviços). A Apple pensou além dessa linha, e partiu para a inovação. Eles acreditavam que, para o uso pessoal, a interface gráfica precisava ser diferente daquelas usadas pelos engenheiros da época, nos computadores “gigantes”, os “mainframes”.
  • Seja autêntico: o grande lema de inovação da Apple. Desde sempre Steve Jobs deixou claro que o objetivo era acabar com hegemonia “quadrada e certinha” da IBM, e colocar a tecnologia à disposição do resto das pessoas (ou seja, segmentou o mercado, para diversos públicos). Dois exemplos disso foram: o Apple I, lançado em 1976, saiu com o preço de $666,66 (se já não bastava a maçã mordida, referência ao “pecado de Eva”); e a propaganda da época, do Macintosh, com o slogan “para o resto de nós” e uma foto dos próprios engenheiros da máquina (pessoas comuns).
  • Seja rebelde: além da conotação pejorativa que essa expressão possa ter. Ser rebelde, para a Apple, foi lançar a propaganda do Macintosh, no dia 22 de janeiro de 1984, no Super Bowl, com referências ao Big Brother de George Orwel.

A rebeldia nada mais é que, como os outros dois acima, pensar além do   lugar comum, ser além do lugar comum e agir além do lugar comum.

FELIZ ANIVERSÁRIO MACINTOSH!!

Fonte de referência para o texto: Biz Revolution.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s