EDUCAÇÃO – Estudo de caso de Harvard? Coisa do passado!

O MBA de Harvard existe há mais de 100 anos, com um currículo intocado dos seus conhecidos estudos de caso – forma de aprendizagem copiada no mundo todo.



Eis que a instituição reconheceu seu “atraso” atual e remodelou o currículo do curso, mudando desde a estrutura física até os módulos de aprendizagem.

No novo modelo, o conceituadíssimo método de estudos de caso, criado em Harvard e copiado à exaustão por milhares de escolas de negócios em todo o mundo ao longo do último século, perdeu espaço. Mais do que nunca, os alunos deixaram as quatro paredes da escola.


Trabalharam por uma semana num país emergente que não conheciam. Criaram uma empresa do zero. Até mesmo as tradicionais salas de aula mudaram. “Num período de apenas três meses, concluí um projeto na Índia e abri uma empresa de internet, além de outras atividades do curso”, diz o mineiro César Carvalho, um dos alunos da mais nova turma de MBA de Harvard.


Os planos de mudar surgiram após a nomeação do indiano Nitin Nohria como reitor em julho de 2010. Sua chegada, por si só, representou uma quebra na tradição da escola de negócios, cujo comando jamais fora ocupado por um estrangeiro. Nohria logo passou a articular uma resposta às críticas contra os cursos de MBA, que se intensificaram nos últimos anos.

Resumimos aqui algumas das principais informações, mas, de verdade, vale ler a íntegra.


Fonte: Exame

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s