INOVAÇÃO: Projeto Jacquard e tecido mais tecnológico que você já viu

O ano já está na metade, mas o Google provou que teremos muitas novidades, ainda em 2015!

No final de Maio aconteceu, em São Francisco, o Google I/O – conferência anual feita pelo Google para divulgar novidades em relação ao seu sistema operacional e apresentar produtos. Entre os projetos apresentados pela companhia, um, promete revolucionar o segmento têxtil. 


Dentro do Google há um grupo de criativos que forma a ATAP (Google’s Advanced Technology and Projects ) descrita pela própria empresa como “small, scrappy group of pirates working on wicked cool shit” e foi lá que tudo começou. Liderada pelo designer de integração Ivan Poupyrev, esta facção da empresa apresentou na última conferência, o Projeto Jacquard.


(Ivan – Popyrev >> Ex-Motorola e Disney Research)


O projeto é o novo empreendimento do Google, o qual  permite que os fabricantes de tecido possam incluir um tipo de fio condutor nas tramas, para tecer controles de toque direto na fabricação dos panos. Diferente de tecnologias já existentes no mercado – como as usadas para luvas touch screen – esse fio pode vir em qualquer cor e ainda ser utilizado em qualquer tipo de máquina de tear. 

(Foto do tecido com as linhas de controle)
Através de um controlador por Bluetooth somado à uma pequena bateria, que fica escondida na roupa, o tecido assume o papel de uma tela sensível ao toque podendo se conectar à dispositivos, como o celular. Ou seja, você pode atender ligações, passar música ou tirar fotos apenas tocando na sua roupa!
(bolso secreto para colocar a bateria)
 
Embora os tecidos “tecnológicos” não sejam uma novidade, o fato de elevar isso ao patamar massivo de uma indústria que produz aproximadamente 19 bilhões de peças de roupa por ano, é o grande diferencial do projeto. Acha tudo isso coisa do “futuro”? Então prepare-se!  Para mostrar que a tecnologia é viável, no próprio evento foi anunciado que a Levi´s será a primeira marca a desenvolver peças do Projeto Jacquard. 
(fio tecnológico aplicado ao jeans)
 

Paulo Dillinger, o VP de inovação da renomada marca Levi´s afirmou que, como o processo de fabricação do jeans é brutal, se os fios tecnológicos sobreviverem a isso, poderão ser usados em qualquer material têxtil. Segundo ele, como a ideia é que apenas parte da roupa seja touch, ainda será possível manter os elementos de design que acabam “destruindo” propositalmente peças, como no caso de um destroyed jeans. As primeiras peças deverão ser lançadas em 2016!

Confira AQUI o vídeo completo do projeto!

Fonte: fastcodesign

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s