ESTRATÉGIA: Nubank quer revolucionar o mercado de cartões de crédito

Nubank é a startup brasileira que está fazendo o maior barulho no mundo financeiro, a empresa já nasceu grande e por um bom motivo – ela quer mudar totalmente o jeito que as pessoas usam seus cartões de crédito.

Para começar, ela não é um banco completo, a Nubank só tem cartões de crédito. Aliás, não cartões e sim cartão – só um cartão.
(o roxinho é o cartão mais desejado do momento!)
A empresa não tem caixas eletrônicos, nem agências, nem envia boleto pelo correio. Todas as interações do usuário com a empresa são pelo aplicativo do cartão para smartphones.
Além dessa facilidade, o cartão não tem anuidade nem taxas. Toda a receita é proveniente da porcentagem cobrada nos pontos de vendas (que todos os cartões já cobram) e pelos juros pagos em faturas atrasadas.
Juros esses que são quase a metade dos outros cartões tradicionais – enquanto o mercado dos cartões de crédito está cobrando 13%, a Nubank cobra 7,75%
Para adquirir o cartão não tem burocracia, você não precisa comprovar renda nem endereço, o simples CPF é o suficiente.
(já tem até aplicativo pra Apple Watch)

 

Mas a fila pra adquirir o cartão, essa não é pequena. Já existem mais de 70mil pessoas na lista de espera para virarem clientes da empresa, para entrar nessa fila só precisa ir no site da Nubank e pedir por um convite. Você também pode ser indicado por alguém que já tenha o cartão, e assim tem prioridade na lista.
Não é de impressiona que essa soma de menores taxas, mais controle da conta, simplicidade e eficiência esteja atraindo tanta gente, e quando atrai muita gente sempre atrai grandes investidores.
A empresa tem pouco mais de um ano de vida, e já captou 46,3 milhões de dólares em três rodadas de investimentos. Esse dinheiro veio de fundos de investimento internacionais bem conhecidos no Vale do Silício.
(David Vélez, fundador da starup)
A empresa também tem um DNA internacional muito forte.
Nubank foi criada por David Vélez, um colombiano que se mudou para Costa Rica e depois foi estudar nos EUA e agora monta sua empresa no Brasil.
Fora que, como já dito, os investidores são fundos de investimento internacionais e o time de empresa é composto por 150 pessoas vindas dos EUA, Chile, Austrália, Cingapura e, claro, do Brasil.
Com isso, é claro que já se fala em levar a Nubank para outros países, mas no momento o desejo é uma expansão devagar e contínua dentro do Brasil.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s